I love you, idiot !.

Mergulha no que te dá vontade. Que a vida não espera por você.
E vai chegar o dia em que ela não lembrará mais do seu rosto. Da sua voz, da sua risada, desse mi-mi-mi todo. Ao menos não chorará mais por essa perda. Você sabe, memórias se vão.
Como de costume, eu mais sobrevivo do que vivo.
Foi a solidão dela que tirou a minha pra dançar
e num compasso desconcertante
eu sai da estante
e fui ser teu par.
Você sempre se cala e deixa os outros falarem por ti. Você engole todas as palavras maldosas que acabam realmente contigo e não diz uma palavra. Só quero que entenda uma coisa, isso não é ser forte.
Às vezes, nem um abraço apertado consegue diminuir o abismo que se forma dentro da gente.
A chuva cai
Na mesma frequência
que eu caio
Na solidão.
Porque o pouco que a gente tem, parece muito quando se vai.
A snazzyspace.com Theme A snazzyspace.com Theme